sábado, 5 de setembro de 2015

Sou Viciado

Sou viciado.
Viciado no que fui por toda minha vida.
Viciado em pensamentos, palavras e atos.
Viciado em viciar.
Não há um só instante, que eu não abuse de meu vício de ser um ser viciável.
Por mais que tente, os "hábitos" não me abandonam,
é como um paradoxo do paradoxo...
...se tento me viciar numa coisa nova,
(palavras, gestos, pensares e pessoas)
logo vem o antigo vício e me derruba da tentativa.
Meu pior vício creio seja, depender de pessoas pra viver,
não que eu dependa delas para alguma coisa muito crucial além de viver,
mas elas me fazem viver e adoecer,
e por vezes e vezes, morrer, morrer e morrer.
e creio esta é minha pior dependência,
pois me canso de morrer tantas vezes,
de adoecer tantas luas,
preciso parar com estes vícios pois me levarão a morte certa ou pelo menos me acompanharão até o momento dela.
Adoraria mudar de vício,
mesmo...
sabe como é, não conseguir ser outra coisa além de mim mesmo e meus vícios...
cara, é uma bosta.
preciso urgentemente desparadoxar ou virar gelatina,
quiçá num dia de verão morno ou de chuva intensa eu derreto até deixar de ser.
só então creio curarei-me de mim e por conseguinte meus vícios.
quiçá, conseguirei amar outra mulher que não seja viciada também,
e assim, possamos nos viciar um no outro.
creio assim seria uma grande mudança no tal do paradoxo,
ou pelo menos abriria uma dúvida no vício,
pois quando ela mudasse alguma coisa, meu vício mudaria sem muito esforço.
e vice-versa,
mas creio que acabaria na mesma coisa...
...o vício de um viciando o vício de outro no vício que não quer mudar, mas precisa, pois caso contrário o vício acaba por matar.
é, penso e creio que mesmo após a morte a coisa continue...
caso contrário,
pra que tanta bobagem em mudar de vícios ou mesmo abandoná-los.
apenas para ser uma pessoa melhor para o mundo, as pessoas e seus vícios?!!!
sei lá...vou continuar tentando inda que morra tentando...
epa? será que este é um vício meu querendo me derrubar novamente?
acho melhor parar...
esta coisa de ficar escrevendo vicia.
embora seja pra mim um vício adorável.
"Te amo paixão",
frase linda,
um de meus vícios prediletos...
dizer sem cessar,
treinando sempre num ciclo vicioso para aperfeiçoar a frase.
estes dias tenho tentado mudar este vício,
pois parece que a frase não cabe mais,
nem no pensar, nem no agir, então...
fica oca nos falar.
mas adoro fala-la itinerantemente,
como se num passe de mágica, tudo mudasse,
e o vício voltasse, a ser viciante.
ai ai
queria tanto parar com este vício...


0 comentários: